Passarinhos do Cerrado
Anne Vilela

Veja no Mapa »

Passarinhos do Cerrado

Criado em 2006, a partir da iniciativa do músico e compositor Rodrigo Kaverna, e de encontros e oficinas de música popular com outros jovens músicos, o grupo Passarinhos do Cerrado traz uma proposta musical baseada no estudo da cultura popular brasileira, tendo como referência as manifestações nordestinas e do Centro- Oeste do país.

Fazendo parte do cenário cultural goiano, o grupo envereda pelo universo das raízes brasileiras transpondo os limites geográficos da cultura, compondo poesias, melodias e arranjos que misturam o ritmo nordestino, o coco, com manifestações culturais regionais como as folias de Reis e do Divino, a congada, a sussa e a catira.

O show de músicas autorais, convida o público a pisar forte, ao ritmo do coco de folia, ouvindo canções que se referem desde a antiga Vila Boa, à devastação do Cerrado, passando pelos costumes, tradições e natureza goianas. O grupo já se apresentou em festivais como o 6º Festival Lula Calixto, realizado pelo grupo Samba de Coco Raízes de Arcoverde, na cidade de Arcoverde/PE em dezembro de 2011; o XIII FICA - Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental - 2011, na Cidade de Goiás/GO; o 17º Festival Mundial da Juventude, na cidade de Pretória, na África do Sul, em 2010; o Encontro de Culturas Tradicionais dos Povos da Chapada, na Chapada dos Veadeiros, São Jorge/GO, 2010; o Brasília Festival de Cultura Popular, em Brasília/DF, 2009; o Festival Canto da Primavera, em Pirenópolis/GO, em 2008 e 2013, etc.

O grupo também já foi contemplado pelas Leis Municipal e Estadual de Incentivo à Cultura. Com os recursos da Lei Municipal, realizou o musical “A peleja da menina que caiu em conversa de Passarinho”, que foi apresentado nas escolas públicas da rede municipal de ensino de Goiânia/GO e em festivais de teatro também em Goiânia e no interior do Estado. Em novembro de 2012, com a música "Peregrinação", o grupo ficou em primeiro lugar no Festival Canta Cerrado, realizado pelo SESI, que premiou composições inéditas de artistas goianos.

Em 2014, financiado pela Lei Estadual de incentivo à cultura (Lei Goyazes), o grupo apresentou em seis escolas públicas de Goiânia o show "Coco de Folia" e realizou oficinas de coco. Foi também com patrocínio da Lei Goyazes que o grupo lançou em 2014 seu primeiro disco “Coco de Folia”, sob a direção musicalde Nilton Júnior, do grupo Pandeiro do Mestre, de Recife/PE. O CD conta com as participações goianas do violeiro e folião Domá da Conceição e da Congada 13 de Maio, e ainda dos artistas Renata Rosa, do diretor Nilton Júnior e do Samba de Coco Raízes de Arcoverde.

Em 2015 o grupo aprovou pela lei municipal de incentivo à cultura a gravação do segundo disco gravado em Recife sob a produção de Juliano Holanda. O grupo tem a participação de grupos de coco como Bongar e A Matinada, além de artistas como Lucas dos Prazeres e Siba. O disco também conta com a participação de índios Krahôs, dos violeiros goianos Diego Lobo e Pedro Vaz, além da Congada de Santa Efigênia.


  

artistas e grupos similares
Nação Latina

Nação Latina

[»]

Conhecer »
Paulo César Pinheiro

Paulo César Pinheiro

Paulo César Pinheiro é letrista, poeta, escritor, músico e intérprete brasileiro. Com mais de 40 anos de carreira, o artista fez [»]

Conhecer »
Orquestra Popular Marafreboi

Orquestra Popular Marafreboi

[»]

Conhecer »